Bruna bota chifre em mim e no primo dela

Abas primárias

Categoria: 

Bruna bota chifre em mim e no primo dela

Sem dúvidas nenhuma, minha namorada e o primo dela já tinham uma certa relação aberta e já tratava ele como seu namorado, mas ela estava cada mais vez mais safada... no dia do aniversário de 18 anos dela, ela e sua irmã foram no shopping pela manhã e só voltaram a tarde, eu estava na casa dela quando elas chegaram, Pedro tbm estava em casa no quarto dele, quando as duas entram, Bruna estava linda demais, estava com os cabelos lisos mais do que já eram, o cabelo dela ia até a bunda, pretos, lindos, tinha até pintado. Iara vai pro quarto dela e eu pergunto como foi no shopping, ela me diz que foi bom que estava lotado. Ela vai pro banho e quando sai entra no quarto dela, Pedro entra tbm, 5 minutos depois eu entro e vejo ele sentado olhando ela se vestir, ele levanta da cadeira e tenta agarrar ela, mas ela foge dele e o empurra, ela disse que por enquanto não queria nada com ninguém. Apenas coloca a calcinha pequenininha que ela comprou, muito pequena mesmo, entrou toda na bunda dela na parte de trás, era rosa, na frente era de rendinha transparente, dava pra ver a bucetinha dela repartida, pois era depiladinha. Ela veste uma sainha curta e uma blusinha e deixa o primo só na vontade. Por volta das 18:00 fomos pra uma pizzaria, eu, Bruna, Iara, Pedro, tomamos uma cervejas, comemos, Bruna estava sentada do lado do primo dela, percebia que ele tocava ela por baixo da mesa e Iara falou, “primo, calma, em casa vc come minha irmãzinha como vc já faz toda noite” e riu. Eu fiquei tonto de tanta cerveja, e Pedro tbm, bebemos um pouco além da conta, mas tudo normal, pegamos o taxi e fomos embora. Por volta das 21:00 Iara tem a ideia de irmos pra uma festa, eu e Pedro não queríamos ir, mas as duas decidiram ir, Bruna disse “se vcs dois quiserem ir pra casa vão, mas eu a maninha vamos dançar, e se a gente quiser vamos pegar uns carinha por lá”, Pedro fala, “vc não seria doida”, Bruna fala “vai duvidar de mim tbm? Cuidado”, Pedro fala “duvido sim, vc é minha esqueceu? Só te deixo com esse corno pq tu gosta dele, mas teu macho sou eu”, ela riu e disse “ta bem... e ai? Vão com a gente?”, então eu e ele decidimos ir com ela. Chegamos na festa, era uma boate meia escura, com pessoas de todas as idades, tocava diversos tipos de músicas, sertanejo, forró, samba, pagode, funk. Elas dançavam e por volta das 22:30 fomos embora. Chegamos em casa e Bruna entra pro banheiro e Pedro vai atrás delas, eu vou pro quarto de Bruna e percebo que Caio entra em silencio e vai pro quarto de Iara... Bruna e Pedro saem do banheiro e ela vem pro quarto, ele entra junto, eu e ele ainda estamos tontos, deu 23:00 e nós 3 estávamos na cama, ela beijava ele, depois me beijava, então ela decide fazer uma brincadeira com seu primo, algema ele na cama, ele fica todo feliz, então ela prende ele e deixa ele pelado, nesse momento ela estava apenas com a calcinha rosa dela pequenininha e sutiã, mas eu estava solto deitado do lado dela, quando ela se levanta e sai. Fica uns 10 minutos fora do quarto, eu não fui atrás dela, quando de repente ela entra no quarto e a cena me mata de tesão e deixa o primo dela puto, nossa branquinha estava nos braços de Caio, o ficante da irmã dela, ele 1,80 e ela baixinha, a luz estava baixa, mas dava pra ver aos beijos com ele, de repente ela se abaixa e mama o cara na nossa frente, o pau de Pedro nesse momento fica duro, ela percebe e fala “ta gostando tbm priminha de ser meu corno? Duvidou de mim, tai a prova”, ela deita na cama com as perninhas abertas e Caio entra entre elas já encaixando na bucetinha dela, Pedro não podia fazer nada, só xingava ela, eu não queria fazer nada.... ela grudou a boca na boca de Caio, a cama tremia. Ela só gemia quando pediu “Caio, come minha bunda... mete na minha bundinha na frente deles”, ela se vira e empina a bunda pra ele, que só coloca a calcinha dela pro lado e enfia tudo, meteu forte que ela gritava.... quando entra no quarto Iara, ela se aproxima deles, abre a bunda da irmã pro Caio comer melhor, de repente ela fica de 4 com a bunda pro nosso lado, Caio sobre em cima dela e come ela assim, metendo no cuzinho dela, dava pra eu Pedro ver a cena, eu estava excitado, Pedro tbm, as duas só riam, Iara fala “agora vc tem dois cornos irmã, os dois estão gostando”, a mesma Iara se aproxima de novo dos dois e tira o pau dele da bunda dela, retira a camisinha e fala, “caio, esse é seu presentinho que me pediu amor, a bucetinha da minha maninha, enche ela de leite”, ele mete por mais 1 minuto quando enche a pepeka da nossa branquinha de porra, era muito leite descendo na perna dela, quando ele sai de cima dela, e a bucetinha dela fica exporta pra e o primo ver, que cena, estava muito aberta e vermelha. Iara vai pro banheiro com Caio e nós 3 ficamos na cama, ela solta Pedro, ele estava calmo e não fez nada, apenas beijou ela na boca e começou comer ela, gozou feto um animal na buceta dela, se ela não tomasse nada já teria engravidado com certeza, a noite acabou assim, os dois caíram exaustos, e dormimos.

https://www.casadoscontos.com.br/texto/201803117